Inox 304 x 430 – Entenda suas diferenças e saiba como proteger sua rede externa contra intempéries

Neste "post", você irá compreender as diferenças do inox 304 e 430, suas características e qual a aplicação e indicação em uma rede externa de telecomunicações.

Para iniciarmos o tema, vamos abordar a seguinte didática aplicada em nosso dia-dia. Sabemos que o meio ambiente que vivemos é “agressivo”.  Mas como assim agressivo? Quando se respira por exemplo, o oxigênio pode se transformar em radicais livre, moléculas capazes de atacar as células e até destruí-las.

Não é diferente em uma rede externa de telecomunicações, o ambiente também ataca nos equipamentos como caixas de emenda, caixa NAP (CTO), fitas, e temos de estar preparados para escolher a melhor opção de proteção/tipo de material aplicado  em sua rede externa.

Atualmente temos 3 principais tipos de aços em redes externa:

  • 304
  • 430
  • 1010/1020

Hoje vamos falar sobre o 304 e 430.

O inox possuí ótima proteção, porém em ambientes agressivos como locais próximas ao litoral é necessário tomar cuidado na escolha do tipo de inox. Lembrando que os cabos autossustentados possuem garantia de pelo menos 20 anos, então temos de adquirir materiais para rede externa com esta garantia também, evitando retrabalhos.

Primeiramente para entendermos a diferença entre o aço inox 430 e o 304, é importante saber que eles pertencem a famílias diferentes. O Aço Inox AISI 304 pertence à família dos austeníticos, enquanto o Aço Inox AISI 430 pertence à família dos Ferríticos. Isso significa que o 304 é composto basicamente por ferro, cromo de 17 a 25% de cromo, níquel (8%), o que garante a alta resistência à oxidação e corrosão, a boa conformabilidade e boa soldabilidade. Esse aço também não é magnético. Já o 430 possui de 11 a 17% de cromo em sua composição, que garante menor resistente a corrosão do que o 304.

Agora você já está pronto para escolher o tipo de aço inox adequado para sua rede externa :)

Até o próximo post, abraços!

Gabriel Nicolodi